Nem todo mundo pode largar tudo para viajar

O que mais se vê na rede ultimamente é todo mundo querendo largar tudo para viajar. Se fosse fácil acho que ninguém mais trabalharia. Vamos e convenhamos que não é todo mundo que pode simplesmente largar tudo, comprar passagens e sair sem destino para o primeiro destino que vier a cabeça.

Muitas coisas precisam ser ponderadas na hora de criar coragem para desbravar o mundo. Acredito que o fator mais importante é o dinheiro. Afinal, se você resolver tirar um ano sabático as suas contas vão parar de chegar? Então a primeira coisa a fazer é reduzir ou livrar-se totalmente das contas.

Dinheiro ainda pode ser levado em consideração num segundo ponto. Quanto tempo você irá ficar fora? Há dinheiro para bancar toda a viagem? Gastos como passagem, hospedagem, comida, deslocamento, seguro viagem, vistos, imprevistos devem ser levados em consideração.

Além de outras questões como família, animais de estimação, cuidados com a casa. Mas se essas questões não se enquadram no seu perfil e você tem dinheiro e tempo sobrando ou um emprego que pode ser feito a partir de qualquer lugar do mundo então você é um sortudo e pode começar sua saga hoje mesmo.

Acredito que, de qualquer modo todas as pessoas podem ter uma experiencia bacana de viagem, mesmo sem largar tudo para viajar. Uma dica é planejar bem as férias e fazer uma reserva para viajar 20 ou 30 dias. Inclusive, algumas empresas permitem que seus funcionários tirem uma licença não remunerada (por mais de 30 dias), e essa é uma maneira de ter seu emprego garantido quando você resolver voltar pra casa.

Ainda existe outra indicação para você que não pode largar tudo: trabalhar e/ou estudar fora do país, ou seja, fazer um intercâmbio por um período determinado pode fazer você matar a vontade de viajar o mundo. Para acessar um passo a passo para fazer seu intercâmbio visite o Livre Embarque.

Acredito que o desafio maior é estar disposto a encarar os imprevistos e roubadas, os quais, a maioria das pessoas que “largou tudo” não conta pois não há glamour em dizer que passou frio ou fome, ou o quanto foi difícil superar a saudade da família e amigos, ou ainda que passou a noite num hostel fedido e cheio de baratas, ou com colegas de quarto barulhentos que não te deixaram dormir nem por um minuto durante a noite.

Claro que também tem a parte boa de conhecer novos amigos, novas culturas, experimentar novos sabores, visitar lugares inimagináveis, praias desertas, cachoeiras incríveis e vistas deslumbrantes. Você está disposto a viver assim por um longo período? Se sim, largue o SEU tudo e simplesmente vá.

Outros posts relacionados:

– Quando tudo deu errado numa viagem

– Um dia perdido no Chile

– Destino secreto que virou destino pop

Planeje sua Viagem:

Tá precisando de ajuda pra preparar o seu roteiro de viagem? Usando os links aqui do blog você não irá pagar nada a mais por isso e você ainda ajuda o blog a continuar ativo.

Hotel:  Booking.com 

Aluguel de Carro: RENTCARS 

Aluguel de Casas ou apartamentos: Ganhe R$ 100,00 de desconto na sua primeira reserva pelo Airbnb

Seguro viagem: SEGUROS PROMO 

 

Foto destacada no início deste post: Pixabay.

Deixe uma resposta