Como conhecer Petrópolis com a grana curta?

Petrópolis, que também é conhecida por muitos como a Cidade Imperial fica a aproximadamente 70km do Rio de Janeiro, no interior do estado, o que acaba sendo ideal para visitas de bate e volta.

A cidade tem muitos pontos turísticos, principalmente os de cunho cultural, como igrejas e especialmente museus.

Deixo para vocês abaixo um roteirinho de baixo custo que pode servir de inspiração para o seu passeio pela cidade, e se precisar de mais dicas, fique a vontade para pedir nos comentários.


Como é o acesso ?
O acesso também é muito fácil para quem sai do Rio de Janeiro de Carro é só seguir pela BR-040, ou de ônibus a partir da Rodoviária Novo Rio as Empresas Águia Brancia, Unica e Útil fazem o trajeto. Não há problemas em ir de ônibus visto que é muito fácil locomover-se a pé entre os pontos turísticos da cidade.

O que fazer em Petrópolis? 
Comece o tour bem cedinho pela Catedral São Pedro de Alcântara, e o ponto alto desta visita – além da bela estrutura da catedral, em estilo neogótico francês – é a lápide de mármore de Carrara, pesando quase três toneladas, com as estátuas jacentes do Imperador D. Pedro II e Dona Teresa Cristina.

Em seguida faça um passeio pelas belas praças e ruas bucólicas da cidade.

No Museus Imperial, é possível visitar a fachada e os jardins sem pagar ingresso, ou se quiser fazer a visita interna o preço do ingresso é R$ 10,00 – inteira (Preços atualizados em fevereiro de 2017). Em minha visita, em fevereiro de 2016 eu não cheguei a entrar por falta de tempo, porém ouvi rumores de que o passeio no museu é muito bacana. Eu preferi ficar apenas tirando fotos no jardim.

Para visualizar a cidade de cima e apreciar uma bela vista, visite o Trono de Fátima, que se trata de um Mirante.

Para fechar o passeio, dê uma passadinha no Palácio de Cristal. Caso visite durante o dia, como eu, não irá conseguir vê-lo aceso, mas ainda sim vale a visita. Alguns contam que é bem mais bonito a noite, quando está iluminado.

Antes de voltar para casa, dê uma paradinha na Rua Teresa para compras, pois ninguém é de ferro. As lojas tem preços ótimos para roupas e são de boa qualidade.

Outras sugestões que podem ser adicionadas ao seu roteiro são:
O Palacio Quitandinha, o Palacio Amarelo, o Palácio Mauá, a casa da Princesa Isabel, a casa de Santos Dumond, a casa dos 7 erros e a casa do Colono.

Não tive a oportunidade de conhecer esses outros pontos turísticos nessa visita, mas já fica a oportunidade para voltar a Petrópolis e ver tudo o que ficou faltando.

As fotos desse post foram gentilmente cedidas pelo blog Casa de Doda.

Período da Viagem: Fevereiro de 2006

———————————————————————————————————————
Vai viajar para Petrópolis? Reserve seu hotel no -> Booking.com

*Fazendo sua reserva através do link acima o blog ganha uma pequena comissão, mas você não irá pagar nada a mais por isso.

18 Comments on “
Como conhecer Petrópolis com a grana curta?

    1. Tem outros passeio muito bacanas que podem ser feitos por lá, que não são totalmente de graça, mas ainda assim a baixo custo que valem super a pena.

    1. Oi Renata,

      A maioria das vezes que fui a Petrópolis fui de bate e volta, então não me hospedei. A única vez que fiquei hospedada, foi numa pousada bem perto da rodoviária, a qual não me recordo o nome, pois já fazem mais de 10 anos. Mas é fato que Petrópolis tem opção de hospedagem para todos os gostos e bolsos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *